Inglês como Língua Franca: breve panorama da produção científica de um campo de estudos plenamente consolidado

Refletir sobre a peculiar condição do inglês na contemporaneidade é considerar, entre inúmeras questões, o que vem sendo pesquisado e produzido até o momento presente no tocante à descrição do fenômeno e suas implicações a partir de diferentes perspectivas, entre elas, o Inglês como Língua Franca (ILF), conceito e campo científico plenamente consolidados. Neste artigo, portanto, temos como objetivo trazer, inicialmente, uma rápida contextualização sobre o fenômeno ILF para, posteriormente, [...]

Guia de Proficiência: anos finais do Ensino Fundamental

O guia de proficiência, inicialmente, define o que se entende por proficiência linguístico-discursiva, mostrando o quanto a ideia de proficiência se afasta de uma concepção única e fixa sobre o uso da língua e sua aprendizagem. Apresenta expectativas linguístico-discursivas para estudantes e docentes da língua inglesa, trazendo maior compreensão sobre os níveis de proficiência possíveis de serem alcançados ao final do ensino fundamental e podendo informar e guiar o planejamento de [...]

Guia de Formação Continuada: anos finais do Ensino Fundamental

O guia de formação continuada apoia o planejamento e a execução de ações de formação continuada específicas para docentes de Língua Inglesa, com base na BNCC e no CEFR. O Guia é dividido em duas partes: na primeira, são discutidas premissas de qualidade para iniciativas formativas, referências e textos explicativos sobre as competências das dimensões linguística e de prática pedagógica, necessárias a docentes de língua inglesa; a segunda parte é prática e traz etapas e tarefas para apoiar o [...]

Referencial Curricular: anos finais do Ensino Fundamental

A Estrutura Curricular é orientada por competências. O documento define a visão dos jovens que vão se formar e sugere uma organização curricular para os anos finais do ensino fundamental, que contemple o BNCC e o CEFR, agregando a dimensão cognitiva às competências sócio-emocionais como constituintes do ensino e processo de aprendizagem. O documento explica conceitos importantes no contexto da educação básica e do ensino da língua inglesa, como educação integral, inglês como língua franca e [...]

O que é uma perspectiva decolonial de ensino em/de inglês?

Muito se tem discutido sobre decolonialidade na educação na atualidade, mas o que é isso mesmo? A decolonialidade tem como objetivo romper paradigmas cristalizados nas relações socioculturais, político-econômicas, étnico-raciais e de gênero/sexualidade impostas pelos processos da colonialidade do poder. Por sua vez, o conceito de colonialidade do poder (QUIJANO, 2000) esclarece que as relações de colonialidade nas esferas econômica e política não findaram com a destruição do colonialismo. A [...]

A perspectiva decolonial na escola, sob o olhar de gestores

Professor de língua inglesa, que atuou na formação de docentes, e gestora de biblioteca, que deu uma nova função para o espaço, contam suas vivências

Minha experiência: O desafio de envolver os professores na abordagem decolonial

Ruan Nunes, professor de língua inglesa, que atuou no acompanhamento de estagiários e na formação de docentes em escolas de idiomas e na rede municipal do Rio de Janeiro (RJ)

Minha experiência: Biblioteca como espaço de debate e troca de informações

Ivanilma de Oliveira Gama, chefe substituta da biblioteca do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ), campus Itaguaí

A perspectiva do inglês como língua franca como agente de decolonialidade no Ensino de Língua Inglesa

Mesmo em face da mundialidade do inglês, em que as interações em Língua Inglesa (LI) ocorrem, predominantemente, entre falantes em contextos multilíngues e multiculturais, o ensino e a aprendizagem do idioma têm seguido a lógica da colonialidade que consiste em produzir, organizar e distribuir conhecimento sob os termos e condições estabelecidos pelas forças hegemônicas. A partir desse cenário, o presente artigo pretende refletir sobre a perspectiva do Inglês como Língua Franca (ILF) como [...]

Abordagem decolonial traz olhar crítico para o ensino da língua inglesa

Ao dar espaço e voz para produções de países considerados periféricos, estudantes aprendem a valorizar esses saberes, compreendem o significado mais amplo de estudar um idioma estrangeiro e fazem a ponte entre debates globais e suas realidades locais