Inglês como Língua Franca: breve panorama da produção científica de um campo de estudos plenamente consolidado

Refletir sobre a peculiar condição do inglês na contemporaneidade é considerar, entre inúmeras questões, o que vem sendo pesquisado e produzido até o momento presente no tocante à descrição do fenômeno e suas implicações a partir de diferentes perspectivas, entre elas, o Inglês como Língua Franca (ILF), conceito e campo científico plenamente consolidados. Neste artigo, portanto, temos como objetivo trazer, inicialmente, uma rápida contextualização sobre o fenômeno ILF para, posteriormente, [...]

Chimamanda Ngozi Adichie: O perigo de uma única história

Nossas vidas, nossas culturas são compostas de muitas histórias sobrepostas. Neste vídeo do TED Talks, a escritora Chimamanda Adichie conta a história de como ela encontrou sua autêntica voz cultural -- e adverte-nos que se ouvimos somente uma única história sobre uma outra pessoa ou país, corremos o risco de gerar grandes mal-entendidos. Sobre a palestrante: Inspirada pela história e tragédias nigerianas quase esquecidas pelas gerações recentes de ocidentais, os romances e contos de [...]

O que é uma perspectiva decolonial de ensino em/de inglês?

Muito se tem discutido sobre decolonialidade na educação na atualidade, mas o que é isso mesmo? A decolonialidade tem como objetivo romper paradigmas cristalizados nas relações socioculturais, político-econômicas, étnico-raciais e de gênero/sexualidade impostas pelos processos da colonialidade do poder. Por sua vez, o conceito de colonialidade do poder (QUIJANO, 2000) esclarece que as relações de colonialidade nas esferas econômica e política não findaram com a destruição do colonialismo. A [...]

A perspectiva decolonial na escola, sob o olhar de gestores

Professor de língua inglesa, que atuou na formação de docentes, e gestora de biblioteca, que deu uma nova função para o espaço, contam suas vivências

Minha experiência: O desafio de envolver os professores na abordagem decolonial

Ruan Nunes, professor de língua inglesa, que atuou no acompanhamento de estagiários e na formação de docentes em escolas de idiomas e na rede municipal do Rio de Janeiro (RJ)

Minha experiência: Biblioteca como espaço de debate e troca de informações

Ivanilma de Oliveira Gama, chefe substituta da biblioteca do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ), campus Itaguaí

Abordagem decolonial traz olhar crítico para o ensino da língua inglesa

Ao dar espaço e voz para produções de países considerados periféricos, estudantes aprendem a valorizar esses saberes, compreendem o significado mais amplo de estudar um idioma estrangeiro e fazem a ponte entre debates globais e suas realidades locais

Decolonialidade e inglês como língua franca: diálogos com professores brasileiros

As relações interculturais que caracterizam nossa realidade globalizada são permeadas pela colonialidade. No contexto do ensino de inglês, enxergamos o deslocamento de um paradigma de inglês como língua estrangeira para perspectivas mais críticas (como de inglês como língua franca (ILF) e translinguagem) como possível caminho para a decolonialidade. Assim, neste trabalho, entrevistamos professores a respeito […]