Voltar

Coleção de materiais didáticos de inglês do programa UK-Brazil Skills for Prosperity traz propostas alinhadas à BNCC

A coleção Xperience Nova Escola, que acaba de ser lançada, é composta de materiais didáticos de inglês para os anos finais do Ensino Fundamental (6º a 9º ano) desenvolvidos por dezenas de professores e especialistas de todo o Brasil. Cada livro contém unidades para trabalhar a compreensão de textos orais e escritos, produção escrita, produção oral, gramática e vocabulário, em propostas alinhadas à Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Os materiais, que contam com livros para alunos e professores, foram desenvolvidos pela Nova Escola como parte do programa UK-Brazil Skills for Prosperity, do governo britânico, que apoia o aprimoramento do ensino da língua inglesa na educação básica, promovendo a equidade, a empregabilidade e o desenvolvimento socioeconômico no Brasil, por meio da aprendizagem do idioma.

O envolvimento das redes de educação dos estados-piloto parceiros do programa (Amapá, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná) foi essencial para o desenvolvimento dos materiais. ‘As equipes técnicas contribuíram desde o início, trazendo esclarecimentos sobre o currículo, sobre o perfil dos professores e a realidade das salas de aula’, conta Luciana Campos, coordenadora de relacionamentos da Nova Escola. ‘Essas valiosas contribuições direcionaram todas as ações relacionadas ao material, que eram sempre devolvidas às redes e validadas por uma equipe responsável.’

De professor para professor

O time de autores e a equipe editorial responsável pela coleção foram compostos por professores de língua inglesa que conhecem a realidade da escola pública brasileira. ‘A Nova Escola conduziu um processo de seleção de professores de cada rede, para então serem formados como autores (também em questões de gênero e inclusão social e em competências socioemocionais), fazendo assim parte do “dream team” de professores-autores’, conta Luciana Campos. 

De acordo com Tatiana Martin, coordenadora pedagógica da produção da coleção, a formação dos professores-autores, que até então eram somente consumidores de materiais pedagógicos, passou por concepções de ensino-aprendizagem do programa para que também pudessem entender o universo editorial, novo para eles. Ao longo de todo o processo de produção do material, o trabalho dos professores-autores foi acompanhado, em ambiente virtual, por uma engajadora, responsável por elaborar estratégias de integração e consistência para o trabalho; e por uma mentora, que fornecia orientações sobre processos editoriais e sobre propostas para atividades didáticas.

Em linha com os três eixos propostos pela BNCC a serem trabalhados em inglês — multiletramento, interdisciplinaridade e inglês como língua franca –, o material traz exemplos e reflexões sobre o uso do idioma a partir da realidade de diferentes povos e nações, incluindo o Brasil. ‘Não só os professores-autores, mas revisores e editores fizeram questão que os materiais fossem pautados pela experiência em sala de aula e pela realidade da escola pública brasileira’, conta Tatiana Martin. 

Os estados-piloto parceiros também participaram em momentos de validação de diversos materiais e tomadas de decisão em diferentes etapas do processo de produção. ‘As redes ainda indicaram leitores críticos locais que trouxeram riquíssimas considerações e oportunizaram os testes realizados com os materiais e escuta de alunos e professores’, relata Luciana Campos. ‘Foram verdadeiros parceiros em todos os processos de desenvolvimento do material’, enfatiza.

Visual de impacto

O design do material didático partiu de insights obtidos em estudos realizados com professores e com alunos, para a produção de um material que fosse prático, fácil de usar, lúdico e visualmente impactante. 

‘O grande beneficiário desse material é o aluno’, diz Leandro Faustino, coordenador de design da Nova Escola. ‘Fizemos um esforço bastante grande para entender o que impacta visualmente os jovens dessa faixa etária e o que cerca o universo deles, respeitando todas as realidades da escola pública’, conta.

O livro do professor, por sua vez, traz o conteúdo do aluno na parte central e, ao redor, o voltado para os docentes. “A ideação aconteceu em muita conversa com os professores. Buscamos entender o formato que os ajudaria mais, e o formato em “U” foi escolhido”, explica Tatiana Martin.

Considerando o contexto atual da pandemia, os materiais serão disponibilizados nos formatos digital e impresso, para que possam ser utilizados tanto no ensino presencial quanto no híbrido (acesse o material digital nos links ao final deste texto). Os livros impressos serão distribuídos pelas redes parceiras e, assim, chegarão nas mãos do aluno e do professor.

Diversidade e inclusão

A inclusão e a diversidade são premissas que permeiam o Skills for Prosperity desde a sua concepção até o alcance de suas variadas ações. No Brasil, o programa conta com uma estratégia com foco em gênero, raça e inclusão social em um esforço ativo para garantir que as atividades promovam a equidade, sejam acessíveis a grupos em maior desvantagem e não reproduzam desigualdades e estereótipos.

Os materiais didáticos de inglês produzidos para alunos e professores brasileiros seguem essa linha, com foco na rede pública. Em colaboração com o Instituto Rodrigo Mendes, a Nova Escola produziu conteúdos — um guia e um vídeo — que auxiliam o professor a trabalhar na perspectiva da educação inclusiva, proporcionando a todos uma participação plena no processo de ensino e aprendizagem da língua inglesa ao utilizar a coleção Xperience Nova Escola. 

O “Guia de dicas e inspirações para um planejamento pedagógico inclusivo”, além de adiantar elementos do planejamento didático pedagógico, apresenta pontos que podem ser usados como apoio para uma prática inclusiva. E busca promover reflexões, oferecer inspirações e auxiliar o olhar do professor para que o planejamento das atividades e propostas possa ser o mais adequado possível. Neste vídeo, por sua vez, é abordada a importância de planejar aulas de inglês inclusivas para os anos finais do Ensino Fundamental. 

 

Acesse nos links abaixo os livros que compõem a nova coleção de materiais didáticos de inglês Xperience Nova Escola: