Voltar

Jogo da trilha interativo promove participação e autonomia de estudante com deficiência visual

Relato de projeto desenvolvido por professores do CEU EMEF Manoel Vieira de Queiroz Filho, em São Paulo (SP), para as turmas do 3º ano, que incluíam estudantes com dificuldades de alfabetização, alfabéticos, um cego e dois com deficiência intelectual. Para trabalhar o tema da sustentabilidade, foi criado um material pedagógico acessível (MPA), produzindo uma trilha adaptável para todas as disciplinas e conteúdos, nos moldes do desenho universal para a aprendizagem (DUA). Do modo como foi configurado, o jogo atendeu principalmente a disciplina de língua inglesa. O objetivo do projeto era proporcionar a participação com um alto grau de autonomia de todos os estudantes, levando em consideração as diversas deficiências.